Que parada doida é essa?! – Fetiches…

Posted on junho 17, 2009 por

19



Tua namorada pede para transarem em local público?!

Teu namorado gosta de ficar espiando você se depilando?!

Sua amante quer que você urine nela?!

Ele adora ser literalmente pisado?!

Teu parceiro pede para que se mastube enquanto ele fica só olhando?!

Ele insiste para que você  o morda durante o coito?!

Não fique grilado(a), esses são apenas alguns fetiches!

Os fetiches (fetiche do francês fétiche – feitiço) são chamados de parafilia pela psicologia, e se resumem a excitabilidade sexual despertada por um objeto ou por alguma parte do corpo, ou qualquer ação não convencional que gere desejo sexual. Quando não há danos físicos ou psicológicos dos envolvidos, e é realizado fetichesconscientemente e com consentimento, eles  são considerados práticas normais, dentro do comportamento sexual, e ainda estão sendo estudados pela sexologia, então estão em fase de evolução e mudanças, exemplo disso é o homossexualismo que já foi considerado parafilia, mas há anos que não é mais.

Os fetiches mais comuns são:

  • Voyeurismo a pessoa excita-se ao espiar os outros em situações íntimas, não precisa ser somente espia-los fazendo sexo, o voyeur sente um prazer sexual  ao apenas observar pessoas fazendo coisas íntimas como despir-se, tomar banho, depilar-se, ou qualquer outra coisa que seja interessante ao voyeur em questão. O que o excita é observar o outro sem a pessoa saber e não a participação do voyeur.  Todo ser humano é um pouco voyeur, o que define ser uma parafilia é o prazer sexual que isso gera no indivíduo, alguns deixam de lado as formas consideradas normais de satisfação por só sentirem desejo com a observação não consentida.
  • Voyeur

  • Agorafilia – quando um sujeito sente desejo incontrolável por transar em locais abertos ou ao ar livre. Comumente confundido com ‘exibicionismo’, que não vem a ser um fetiche legal como falarei em breve.
  • SadomasoquismoSM –  toda prática “sadomaso”dominaçao envolverá os opostos – o sádico e o masoquista – eles sentirão prazer de fomas distinas: o sádico ao submeter o outro, isso se dará de diversas formas; e o masoquista que quererá submeter-se, também de diversas maneiras. As formas de dominação e submissão são muitas (amordaçar, bater, morder, enforcar, queimar, humilhações psicológicas, prender, sangrar, asfixiar) e existem algumas siglas que determinam o ‘gosto’ ->  BDSM – Bondage, Dominação, Sadismo e Masoquismo (há tortura física e psicológica, humilhação, o dominado poderá ser mantido horas amarrado e amordaçado); BD – Bondage e Disciplina (o submisso permanecerá atado e ficará à mercê do dominante, que usará torturas como meios de ‘disciplina’, castigos, etc); DS – Dominação e Submissão (nem sempre há necessidade de torturas físicas ou psicológicas,  o dominado satisfaz todas as vontades do dominador); <- No Sadomasoquismo a submissão é consentida, gera prazer sexual às duas partes. Em muitas das práticas não há penetração, essa não é a principal fonte de prazer dos envolvidos, o que normalmente ocorre é a mastubação mútua para ‘aliviar’ o desejo sexual acumulado pelas práticas. Importante: Deve-se ter muito cuidado nas práticas sado/maso, pois pode haver perda de controle e causar tragédias. Existem locais e equipamentos específicos e estéries para as dominações e submissões.
  • sadomaso

  • Podolatria – o desejo se concentra nos pés. É o mais comum no Brasil e 70% dos podólatras são homens. Há uma evolução da podolatria, o Trampling, que consiste na pessoa ser pisada por outra, ou outras. Também pode ser considerada uma das práticas do Sadomasoquismo quando a pessoa a ser pisada gosta de sentir dor.
  • trampling

  • Lingeries e Fantaias – o mais comum de todos, a maioria adora e nem sabe que é fetichismo. Consiste, basicamente, nos indivíduos que sentem-se excitados sexualmente ao observarem lingeries, e até mesmo vesti-las, diferentemente de travestis que costumam ser homossexuais. Não se sabe ao certo a dimensão em números, mas acredita-se que 95% dos que possum esse fetiche seja homem. E também para aqueles que excitam-se sexualmente com fantasias ou ao se fantasiar.
  • lingeries

Existem locais que propiciam encontros para pessoas com um mesmo fetiche, eles garantem discrição e anonimato. Normalmente você tem que ter autorização para entrar nesses locais e respeitar às regras,  e qualquer deslize pode fazê-lo ser expulso.

Um fetiche considerado comum equivocadamente…

Exibicionismo – é uma parafilia por ser um comportamento sexual atípico, porém, é considerada de grau mais severo e exige tratamento, consideram-na doença, pois o exibicionista não tem controle sobre seu impulso sexual de mostrar seus órgãos genitais às pessoas, não importa se em público, com pessoas desconhecidas, etc. O termo ‘exibicionismo’ ficou vulgarmente conhecido no Brasil como ‘categoria’ para pessoas que gostam de mostrar-se fazendo sexo, sendo que as pessoas que gostam de transar em locais públicos e ao ar livre são agorafilias e não sentem prazer com a exibição do ato e sim por estarem fazendo-o em local que lhe dá sensação de liberdade.  A parafilia  exibicionismo pode levar à prisão.

Alguns fetiches considerados bizarros mas que ‘acometem’ muitas pessoas…

Necrofilia – o indivíduo sente prazer sexual ao observar cadáveres, e até a tocá-los, mas não chegam a penetra-los, isso é raro. É comum em algumas tribos africanas e asiáticas, uma das mais antigas parafilias e que já foi retratada em prosas e poesias.

Urofilia- a pessoa sente prazer ao urinar em outras ou ao urinarem nela. O local do corpo a receber a urina varia, pode ser boca (alguns bebem), vagina, ânus, rosto, etc. Também é conhecida como “Chuva Dourada”.

Zoofilia – atração sexual, ou envolvimento sexual, de seres humanos com animais. Muito conhecida e antiga, acredita-se que em locais rurais a prática é mais comum. É ilegal na maioria dos países.

pedofiliaPedofilia – consiste em adultos sentirem atração sexual primariamente por crianças. É perversão e considerado crime em quase todos os países, exceto em locais que permitem que adultos casem com púberes, nestes locais será crime se o ato sexual não for consentido. Como se alguma criança, falo de crianças mesmo, tem dissernimento para consentir o coito. Em minha opinião é a mais horrorosa e perversa de todas as parafilias.

Estão aí alguns fetiches/parafalias, existe muito mais, os demais são bizarros demais ou pouco comuns, em outra oportunidade posso falar deles.

Gostaram? Então comentem!

Anúncios
Posted in: Sexologia